Facebook

quarta-feira, 2 de janeiro de 2013

Sem vergonha


Vergonha de dizer? Eu? Não, eu tenho a cara de pau de admitir que amo, que gosto, que estou caído, entregue. E nem penso em me arrepender. Eu grito, xingo e brigo por um amor, mas sei o valor que eu tenho e que posso ter. Só não sei me esconder. Fingir que nada acontece quando a pessoa tá perto, quando ela tá longe. Eu rio sem motivo e fico triste sem querer. Razão? Pra quê isso quando eu tenho toda a emoção? Eu sigo meu caminho e não sei andar sozinho. Mas não sou dependente. Sou capaz de mover uma montanha, mas de deixar cair um pedregulho em cima só pra enterrar o que é preciso. Sou impulsão, paixão, coração. Uma mistura de tudo que eu quero ver de bom ao lado de quem amo com tudo que eu não quero ser longe da mesma pessoa. Sem graça de dizer? Não. Sem graça é não viver.

Gustavo Lacombe

Um comentário:

  1. Oi estava navegando na net procurando uma ideia para um separador de ambientes e entrei aqui na sua pagina de ideias cortinas com materiasi reciclaveis..e comecei a passear lendo alguns textos, algumas materias..e vou ficar por aki acompanhando seus posts ..Costumo dizer que todos os anos são bons..as pessoas é q precisam melhorar para ser merecedoras...Entao o ano bom ja temos , é só fazermos a nossa parte né? bjo grande claudia

    ResponderExcluir