Facebook

terça-feira, 27 de novembro de 2012

“Você me faz sorrir toda hora, em todo canto, até mesmo quando a gente briga. Faço pose de séria mas aqui do outro lado fico sorrindo feito boba quando você diz (e repete) o que você faz questão de me dizer sempre. Você cuida de mim quando estou doente, briga por não ter me cuidado direito e tenta me convencer de ir ao médico. E eu só por teimosia, nego mil vezes. Você cuida de mim só por cuidar. Só por querer me ver bem. E querer me fazer bem. (E não é que faz?) Você me elogia quando estou irritada, e isso me irrita muito mais. Mas me faz te achar um lindo, lindo, tão lindo! Você me escuta, me entende, ou pelo menos tenta. Leva a culpa de tudo mesmo quando não tem culpa de nada. Me mima feito criança, faz todas as minhas vontades, não sabe dizer “não” pra mim. Me coloca no colo, me protege, faz carinho e dá beijo quando eu fico manhosa. Fica bravo e chama a minha atenção quando eu falo palavrão. Vê se pode! Você aceita todos os meus defeitos, as minhas manias, os meus erros, as minhas falhas… Tudo que há de pior em mim, você enxerga como melhor. E isso, meu bem, me ganha. Me encanta. Me entrega em tuas mãos. Me faz te amar cada segundo mais, e não me arrepender de nada do que eu fiz para ter você. Para ser (só) de você.”

- Plenitude :]

Nenhum comentário:

Postar um comentário